Logotipo XV CONGRESSO BRASILEIRO DE ATEROSCLEROSE

Secretaria Executiva

SD Eventos

(11) 3672-6979

Departamento de Aterosclerose

Alameda Santos, 705 – 11º andar, Cerqueira Cesar/SP
(11) 3411-5531

Tema Livre

TRABALHOS APROVADOS > RESUMO

Os benefícios do consumo de biomassa de banana verde em portadores de pré diabetes e diabetes mellitus

Edna Silva Costa, Thiago Freitas, Juliana Tieko Kato, Henrique Fonseca, Henrique Tria Bianco, Francisco Helfenstein Fonseca, Carolina França, Maria Cristina Izar
UNIFESP - Univers. Federal de São Paulo - São Paulo - SP - Brasil

Os benefícios do consumo de biomassa de banana verde em portadores de pré diabetes e diabetes mellitus.

 

Introdução: De acordo com a Diretriz da Sociedade Brasileira de Diabetes, o Diabetes Mellitus é um grupo heterogêneo de distúrbios metabólicos, associado a complicações microvasculares e hiperglicemia, implicando em maior risco do desenvolvimento de doenças cardiovasculares. No Diabetes Control and Complications Trial (1993) e UK Prospective Diabetes Study (1998), foi demonstrado que o controle glicêmico intensivo (HbA1c ~ 7,0%) reduz complicações microvasculares crônicas. A banana verde apresenta níveis significativos de amido resistente. Esses alimentos têm funções fisiológicas na regulação intestinal, no controle da glicemia e no retardo do esvaziamento gástrico. Objetivo: Verificar os efeitos do consumo de biomassa de banana verde no perfil lipídico e glicêmico de pacientes com Pré Diabetes e Diabetes. Métodos: Trata-se de um Ensaio Clínico Randomizado, que utilizou como critério de inclusão pacientes diagnosticados com Pré Diabetes (HbA1c entre 5,8% e 6,5%) e Diabetes (HbA1c > 6,5%). Foram incluídos 52 pacientes que receberam atendimento médico e nutricional durante seis meses, randomizados entre grupo intervenção (32) que recebeu orientação nutricional específica para a doença e consumiu a biomassa de banana verde, e grupo controle (20) que recebeu orientação nutricional específica para a doença. Foram analisados os seguintes biomarcadores (basal e final): glicemia de jejum, hemoglobina glicada, colesterol total e frações e triglicérides. Para análise dos dados, foi utilizado o programa SPSS versão 20.0. O nível de significância foi considerado p < 0,05. Resultados: A idade mediana(intervalo interquartis – IQ) foi de 67(62-71) anos, sendo 45 mulheres e 7 homens. As médias(erro-padrão das médias – EPM) do colesterol total, HDL-C, LDL-C, TG, Glicemia de Jejum e Hemoglobina Glicada foram 166(6); 58(4); 83(5); 111(7); 128(9); 106(4) e 6,2(0,1); respectivamente. Houve diferenças significantes no colesterol total, LDL-C e Hemoglobina glicada após o tratamento com o consumo da biomassa de banana verde (p = 0,036; p = 0,032 e p = 0,006 respectivamente. Teste t pareado). Conclusão: O consumo da biomassa de banana verde promoveu melhora significante no perfil lipídico e glicêmico, indicando ser uma boa estratégia alimentar para o controle do Diabetes.

XV CONGRESSO BRASILEIRO DE ATEROSCLEROSE

18 e 19 de agosto de 2017

Realização

Departamento de Aterosclerose
SOLAT

Apoio

SBC

Secretaria Executiva

SD Eventos

Agência Web

Inteligência Web